Cartao de Credito

Por Que a Proposta do Meu Cartão Foi Recusada? 10 Motivos

Diferentemente do que muitos brasileiros pensam, não é só quando o nome está sujo que uma proposta de cartão de crédito pode ser recusada. Para emitir o cartão, os bancos e financeiras fazem uma análise de crédito, que leva em consideração vários fatores independente do registro em órgãos de proteção ao crédito. Inclusive, em alguns casos, o próprio cadastro ou o famoso “nome sujo” não é um empecilho para ter um cartão de crédito.

Para que você entenda melhor as razões pelas quais a empresa ou banco não lhe fornece um cartão de crédito, listamos abaixo alguns dos principais fatores que podem prejudicar a obtenção do cartão. A maioria deles estão vinculados à capacidade do pretendente em quitar suas obrigações. É importante entender que o cartão de crédito funciona semelhantemente a um empréstimo, ou seja, você compra hoje par a pagar no futuro. Se a empresa não acredita na capacidade de pagamento futura do cliente, então o cartão é recusado de acordo com os motivos abaixo.

1. Empréstimos e Financiamentos

Um fator que pesa bastante na análise de crédito são os empréstimos e financiamentos já contratados. Mesmo quando todas as parcelas estão em dia e, portanto, o cliente é um bom pagador, a instituição financeira pode entender que sua renda já está muito comprometida com esses pagamentos, o que pode levar à inadimplência com o uso do cartão. O cartão não é oferecido porque você é um mau pagador, apenas porque comprometeu muito de sua renda com outros compromissos.

2. Muitos Gastos

Se você já tem um cartão de crédito e quer adquirir outro, é possível que o seu perfil de uso seja analisado e comparado com o novo cartão. Então, os clientes que costumam gastar sempre um valor muito próximo do limite podem ser visto como “de maior risco” pois, em teoria, estão sempre utilizando todo o crédito que lhes foi oferecido, seja por necessidade, seja por descontrole. Essa não é uma regra absoluta, mas costuma fazer diferença se você também está incluído em outros itens dessa lista.

Cartão Negado

Cartão Negado

3. Baixa Renda

Para solicitar quase todos os cartões disponíveis no mercado, é necessário comprovar uma renda mínima. Quando essa renda não é comprovada, a análise de crédito pode ser negativa pois o cliente não demonstra capacidade de pagamento de suas faturas. O ideal, portanto, é sempre adequar o cartão que será solicitado ao quanto você ganha por mês.

4. Acúmulo de Cartões

Os brasileiros adoram acumular vários cartões de crédito e de lojas que frequentam, principalmente por causa da somatória dos limites. Além de ser um hábito prejudicial para suas finanças, isso também costuma interferir no resultado da análise de crédito. Quando alguém possui muitos cartões, fica mais fácil atrasar o pagamento de um deles, e isso será levado em consideração pelo banco.

5. Atrasos de Pagamento

O atraso frequente no pagamento de contas e faturas é outro fator negativo para sua análise de crédito. Mais uma vez, não faz muita diferença se as contas estão em dia, porque o histórico de atrasos é suficiente para aumentar o seu risco de crédito. Por isso, o ideal é pagar tudo na data de vencimento.

6. Saída Recente do SPC/Serasa

Se você esteve com o seu nome inserido nos cadastros do SPC ou Serasa recentemente, o riso de ter o cartão recusado é um pouco maior. Ainda que seu nome já esteja limpo, a análise considera que essa saída recente dos cadastros negativos representa chances maiores de inadimplência e recorrência de dívidas. Nesse caso, é melhor ter uma inserção antiga que algo que aconteceu há poucos meses.

7. Financiamento Pendente

Outro fator prejudicial são os financiamentos pendentes de outros cartões. Isso quer dizer que não adianta financiar os débitos com um banco e procurar outro para aumentar seu limite disponível. Na maior parte das vezes, esse financiamento em andamento vai interferir sim na obtenção de um novo cartão.

8. Relacionamento Com o Banco

Aquele cliente que possui conta no banco há vários anos sempre será melhor visto no mercado que alguém com conta recentemente aberta. A questão aqui é o relacionamento com o banco, que costuma ser um ponto positivo nas análises de crédito. Quem ainda não tem um bom histórico pode ser prejudicado.

9. Instabilidade Financeira

Pessoas muito jovens também costumam ter mais dificuldade para obtenção de crédito. Além da idade, os bancos também levam em consideração se você possui renda fixa e até mesmo um relacionamento estável. Quem vive mudando de emprego pode ter problemas na análise de crédito. Em resumo, é preciso ter responsabilidade e estabilidade para bons resultados.

10. Nome Sujo

Quem está com o nome sujo certamente terá dificuldade para obtenção de um cartão de crédito. Existem financeiras que oferecem produtos específicos para essas pessoas, mas é preciso tomar cuidado, pois os juros costumam ser altíssimos. O melhor a fazer, nessas situações, é tentar pagar os débitos pendentes antes de fazer um cartão.



Não encontrou o que procurava?

Custom Search
1 Comentário
  1. icleia  em 9/02/2015: 10:37

    otimo post… bem esclarecido.

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito