Cartao de Credito

Tarifas Indevidas no Cartão de Crédito

Você tem o hábito de conferir a fatura do seu cartão de crédito? Apesar do cartão fazer parte da vida de muitos brasileiros, não são todos que conferem o extrato com atenção e, principalmente, procuram informações quando observam alguma coisa errada. O artigo de hoje traz um alerta: vários bancos cobram tarifas indevidas na fatura do cartão de crédito. Veja o que pode ser cobrado, de acordo com o Banco Central e quais bancos não seguem essa determinação.

Cobranças relativas ao cartão de crédito

Cobranças relativas ao cartão de crédito

Tarifas Autorizadas pelo Banco Central

O Banco Central permite a cobrança de somente cinco tarifas dos cartões de crédito:

  1. Segunda via do cartão – quando for solicitada pelo cliente, em caso de perda, roubo ou extravio;
  2. Saque em dinheiro – para sacar parte do limite do cartão em situações emergenciais, o cliente deve pagar juros e, em alguns casos, tarifa por saque;
  3. Pagamento de contas – os bancos normalmente cobram uma tarifa fixa por conta, além do CET por parcelamentos;
  4. Avaliação emergencial de crédito – outra operação passível de cobrança é a avaliação de crédito, quando o cliente precisa ampliar seu limite de crédito;
  5. Anuidade – a tarifa serve para a manutenção dos serviços ao longo do ano, mas alguns cartões não cobram anuidade.

Porém, é comum que algumas instituições financeiras cobrem outras taxas na fatura do cartão, como o famoso seguro contra perda ou roubo. Um levantamento feito pela Proteste mostrou que também é comum a cobrança por envio de mensagens automáticas sobre movimentação na conta e segunda via de comprovantes ou documentos. A pesquisa aponta que as instituições Banrisul, Banco Votorantim, Caixa Econômica, Citibank, HSBC e Itaú Unibanco praticam essas tarifas indevidas.

Dica Importante

Se você observar qualquer taxa diferente das cinco mencionadas acima na sua fatura, ligue imediatamente para a administradora e conteste a cobrança. Caso o pagamento já tenha sido feito, você também pode exigir que o seu dinheiro seja devolvido em dobro. Se o banco não cancelar a cobrança, procure um órgão de proteção ao consumidor e faça uma reclamação do estabelecimento.



Não encontrou o que procurava?

Custom Search

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito