Cartao de Credito

3 armadilhas das empresas de cartão (que não vão pegar você)

Empresas de cartão de crédito podem até não ser nossas inimigas, mas também confiar demais não dá, não é? O post de hoje não é sobre abusos das empresas, nem práticas extorsivas que muitas administradoras de cartão praticam, mas sim de um hábito que, apesar de legal, tem enganado muita gente que adquire um cartão de crédito: as armadilhas das propagandas e contratos.

Não caia nessa armadilha

É claro que se você quer vender um produto, você tratará de apresentá-lo da melhor forma possível, não é? Contanto que você não minta ou engane o consumidor, não há nada de errado nisso. No entanto, algumas propagandas, apesar de não conter mentiras, são escritas de modo a atrair consumidores desavisados que acabam julgando que o que está sendo oferecido é muito melhor do que o que está escrito de verdade. Vejamos as principais armadilhas desse tipo:

Juros a partir de:

O anúncio fica mais ou menos assim. “O banco XXX oferece as melhores taxas de juros mensais no cartão, com juros a partir de 3%”. Qual é a pegadinha: a partir de quer dizer que nenhuma taxa de juros será menor que 3%, mas não diz nada se ela será maior que 3%.

O cliente lê e acha que o cartão que ele escolheu terá como taxa de juros apenas 3% ao mês, mas pode bem ser que o cartão dele terá taxas de 10%!!

Como evitar a armadilha: pergunte qual é a taxa exata para o cartão que você está interessado em adquirir

Receba até:

Essa armadilha é muito comum. ” Receba até 10% dos seu gastos de volta”, “Ganhe até 40 dias para pagar”. A expressão quer dizer que você não receberá mais que 10% de volta nem terá mais que 40 dias para pagar, mas pode bem ser que seu cartão oferece somente 2% dos seus gastos de volta ou que na maior parte das vezes você terá apenas 15 dias para pagar.

Como evitar a armadilha: novamente, procure saber o valor exato do desconto, ou em quais dias você terá que comprar para aproveitar o máximo de 40 dias para pagar.

Limite de:

Você recebe um cartão que tem limite de R$2000,00, ou seja, permite que você faça operações de crédito no valor de até R$2000,00. A maior parte das pessoas acredita que se o cartão dá um limite de R$2000,00, você não pode gastar mais que R$2000,00. Acontece que nem sempre é assim, e muitos cartões têm um limite extra caso você ultrapasse o limite estipulado do cartão. A armadilha é que ao ultrapassar o limite você incorre em taxas de operação excendente, que não são nada baratas.

Como evitar a armadilha: Mantenha seus gastos sob controle, não confie na operadora para fazer isso para você. Nunca exceda o limite do seu cartão.



Não encontrou o que procurava?

Custom Search

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito