Cartao de Credito

Cancelar ou Esperar? O que fazer quando não conseguimos pagar a fatura?

Chegou a fatura em casa, você fez as contas, e aí veio a surpresa: não vou conseguir pagar este mês. O que fazer?  Cortar o mal pela raiz e cancelar o cartão para evitar problemas futuros ou esperar um pouco, tentar pagar e continuar usando o cartão?

Para que tanto cartão?

Atrasar a fatura não é recomendado nunca, mas é uma coisa normal. Pode acontecer na vida dos melhores pagadores e, sem dúvida, acontece muito frequentemente com quem não controla as próprias finanças. Constatando a impossibilidade de pagar uma fatura, há duas coisas a fazer: ou você cancela o cartão pensando em evitar futuro endividamento, ou você confia que vai quitar sua dívida no próximo mês e somente para de fazer gastos no cartão. As duas são boas estratégias para lidar com a situação, mas se aplicam a perfis diferentes de usuários.

Se você se vê frequentemente em dívida (especialmente no cartão) e constantemente atrasa o pagamento da fatura, cancelar o cartão pode ser a melhor opção. Com juros de cartão de crédito não se brinca. Se você tiver ainda outro cartão, aí não há dúvida, cancele todos e fique só com um. Obviamente cancelar não resolve o problema da dívida, mas ajuda pois evita novos gastos, pagamentos de tarifas etc

Se a situação de ficar em dívida no cartão não é usual, quem sabe foi a primeira vez que aconteceu, então cancelar o cartão é uma medida drástica demais. Controle os gastos no próximo mês, guarde seu cartão para não comprar nele por um ou dois meses até acertar sua dívida e depois volte a utiliza-lo com um pouco mais de controle. (Congelar o seu cartão, nesse caso, pode funcionar também).

Agora, o mais importante: independente da estratégia tomada, faça alguma coisa! Dividas de cartão de crédito podem se tornar verdadeiras bolas de neve se não lhes damos atenção e por isso, ao menor sinal de problemas, você deve parar, pensar sobre o que aconteceu de errado e colocar suas contas de volta no caminho certo.



Não encontrou o que procurava?

Custom Search
9 Comentários
  1. Livia  em 13/08/2010: 16:06

    Oi, é que estou devendo quase R$4.000.00 no meu cartao e isso sem falar em juros…o q eu faco pelo amor de Deus? Pois ja tentei parcelar, mas as parcelas que eles me propuseram, são muito altas e não tenho como pagar esse valor de parcela…não sei o que fazer se eles dividissem para mim em mais tempo ate daria certo..mas eles não aceitam..o que faço???

  2. silvana rufino da si  em 12/11/2010: 11:14

    gostaria q vc me esclarecessem tenho um debito no cartao e juros dele estao alto,liguei para a empresa para q eles parcelaçem ,mas eles me disseram q tenho q ficar sem pagar durante 2 meses,so q eu fizer isso a divida vai aumentar muito como devo agir

  3. werkema  em 15/11/2010: 07:45

    O que muitas empresas fazem é parcelar a divida somente quando ela atinge um certo patamar, mas isso em geral não é vantajoso para o cliente. Aconselho que você cancele o cartão se esforce para quitar a dívida completamente. Depois, peça à empresa para liberar o cartão ou faça outro.

  4. leny pereira cordeir  em 3/04/2011: 12:58

    oi….é que eu preciso emprestimo pq pagamento tambem devendo 3 mil.o que eu faco pelo amor de deus. nao sei o que fazer se eles dividissem p mim em mais tempo ate daria certo… o que faco……vontade vou certo pagar pq receber o salario….

  5. Cartão e Cr&e  em 10/04/2011: 12:08

    Leny,

    Entre em contato com o banco ou a empresa e renegocie sua dívida. Certamente terão a disposição para negociar um pagamento que caiba em seu orçamento.
    Não deixe que a dívida se acumule, pois assim, acabará por pagar juros altos e ininterruptos.

  6. celene  em 28/04/2011: 08:34

    tenho uma dívida num cartão de crédito de R$10000,00, e desjo quita-la, parcelado,e nunca consigo fazer um acordo com eles. Sendo que mas de 50% desse valor são juros, o que fazer para resolver essa situação uma vez que eu preciso e quero pagar?

    Obrigado.

  7. Cartão e Cr&e  em 3/05/2011: 11:24

    Celene,

    Caso a operadora não queira fazer um acordo diretamente, solicite o intermédio de um órgão de defesa do consumidor.

  8. marcos  em 17/11/2011: 10:50

    tenho uma dívida no cartão de R$6693,47. o banco propôs parcelas de 5x 1780,67; 4 x 2127,74 e 3 x 2709,96. O que, seria melho: parcelar ou pagar o ménimo do valor da fatura?

    grato.

  9. enternauta  em 8/12/2011: 20:45

    Pagar o mínimo da fatura nunca é uma boa opção. O ideal é negociar a dívida de forma que ela caiba no bolso e se possa cumprir com o acordo. Se tiver dificuldade ou achar que o acordo não é justo, procure o Procon ou outro órgão para intermediar a negociação

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito