Cartao de Credito

10 Dicas para Evitar Golpes no Cartão

Com o aumento na necessidade de parcelamento das contas, cresce também o número de usuários de cartões entre os brasileiros. São tantos os financiamentos em tempos de crise que muitas propostas parecem milagrosas, mas milagre mesmo é conseguir se safar do oportunismo de quem sai de casa para aplicar golpes em compradores honestos.

A frequência de incidentes envolvendo os cartões tem assustado os consumidores. Não seguros ao realizarem suas compras, eles acabam por entrar em paranoia, na tentativa de encontrar a melhor opção para se livrar dos golpes.

Os calotes vão desde juros abusivos, até cobranças de anuidade que não condizem com o contrato firmado entre o consumidor e a entidade bancária. Além disso, máquinas de clonagem de cartões e senhas estão espalhadas entre dispositivos regulamentados, em diversos estabelecimentos do país.

O cartão foi feito para ser usado e as farsas não deveriam assombrar os clientes, mas o que fazer para evitar um golpe?

Dica 1: Fique atento a fatura de seu cartão: Tenha certeza de que você não está prestes a assumir uma conta que não é sua. Como, por exemplo, as taxas de serviços bancários dos quais você não usufruiu, além, de cobranças não correspondentes ao seu consumo.

Golpes com Cartões de Crédito

Fique atento aos Golpes com Cartões

Dica 2: Guarde os comprovantes de compras realizadas com o seu cartão: Com elas, em caso de cobranças desconhecidas ou valores equivocados, você possui um comprovante do real valor gasto em sua compra, por meio do comprovante.

Dica 3: Entre em contato periodicamente com o seu banco: Manter-se atualizado sobre os novos cartões, serviços e promoções permite um replanejamento de suas contas. Um reescalonamento bancário, por exemplo, pode evitar juros abusivos e lhe colocar sobre controle das suas dívidas.

Dica 4: Use aplicativos no celular: Além das chaves de segurança já disponibilizadas para dispositivos móveis por algumas instituições financeiras, os aplicativos também permitem ter controle do que vem sendo cobrado em seu cartão.

Assim é possível receber notificações sobre as compras efetuadas para controle do saldo e também cobranças realizadas através do sistema de débito automático.

Havendo alguma discordância com o seu conhecimento é possível informar o banco sobre uma determinada compra e evitar que ela seja concluída, como compras online por meio de cartões clonados, por exemplo.

Outro fator muito importante na proteção de seu cartão são medidas preventivas. É preciso dificultar a ação de golpistas e algumas atitudes podem ser fundamentais.

Dica 5: Evite senhas óbvias, como data de nascimento, por exemplo: Em caso de roubo dos documentos pessoais de um terceiro, o ladrão tem acesso a outros documentos e a data de aniversário, no entanto, não será segredo, com todas as suas documentações na mão de um golpista.

Dica 6: Memorize sua senha: Nada de escrever atrás do cartão ou na capinha do celular. Crie uma estratégia para memorizar sua senha associando a uma frase, por exemplo, mas não anote sua senha em qualquer lugar. Senha é de uso pessoal e intransferível. Guarde-a para você.

Dica 7: Não permita que um atendente saia de perto de você no momento do uso do cartão: Acompanhe-o e faça questão de vê-lo efetuar o pagamento. É em um momento de descuido que um atendente se torna capaz de passar o cartão em uma máquina clone e ter acesso a suas informações pessoais e bancárias.

Dica 8: Controle os demais sentidos do corpo: Não pronuncie os números, aproxime-se do caixa eletrônico e não permita que sua senha seja vista ou ouvida por terceiros. Se notar alguém suspeito próximo de você, não faça suas operações. Saia e procure um outro terminal.

Dica 9: Não empreste seu cartão nem compartilhe sua senha: Golpistas estão em todos os lugares. Os cuidados que você toma para proteger o seu cartão, podem não serem tomados por um indivíduo.

Dica 10: Não aceite ajuda de estranhos: Funcionários de instituições bancárias trabalham uniformizados e são facilmente identificados por agentes da segurança. Tenha certeza de que está recebendo ajuda segura e confiável.

Em caso de furto, roubo, troca ou clonagem do seu cartão, procure imediatamente a polícia e registre a ocorrência. Isso é importante para você provar futuramente que os gastos que o golpista fez no seu cartão não foram feitos por você. Isso permite também que a polícia investigue o crime e possa encontrar os bandidos.

Ao mesmo tempo, comunique ao banco ou a sua operadora de cartão o acontecido e peça a suspensão e o cancelamento daquele cartão.



Não encontrou o que procurava?

Custom Search
4 Comentários
  1. orlians carvalho  em 7/03/2014: 12:24

    Quando se compra via telefone (polishop, por exemplo) e se fornece o nº do cartão para o atendente (inclusive os 3 nºs de segurança), há algum risco envolvido?
    Grato.

  2. Cartão e Crédito  em 29/03/2014: 15:12

    Sim, há riscos. Tenha certeza de que o local da compra é confiável.

  3. Joarez olsen  em 2/03/2015: 19:48

    Muito bom é importante alertar as pessoas,sobre pessoas mal intencionadas.

  4. Cartão e Crédito  em 17/04/2015: 11:10

    Joarez, este é nosso papel. Agradecemos a visita e até a próxima.

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito