Cartao de Credito

Educação financeira para crianças

É certo que o planejamento financeiro é o segredo do sucesso econômico familiar. Por isso, cada vez mais, especialistas aconselham que a educação financeira deve começar desde cedo, ensinando-se as crianças a lidar com o dinheiro do modo correto.

A questão é que muitos pais não sabem como educar seus filhos em termos de finanças e várias dúvidas surgem:

  • Mas dinheiro é assunto para crianças?
  • Quando começar a dar a mesada?
  • Como explicar questões econômicas complicadas para os filhos?

Pensando nessas questões, separamos algumas dicas de educação financeira para crianças.

Dicas de Educação Financeira

Educação Financeira de Crianças

Educação Financeira de Crianças

  • Questões econômicas e financeiras podem ser muito abstratas para crianças, por isso é importante utilizar exemplos práticas para que ela entenda melhor a dinâmica do dinheiro. Uma dica é convidar os seus filhos para participar do planejamento financeiro de uma viagem que ele queira fazer, por exemplo.
  • A mesada é um passo importante da educação financeira, pois ensina as crianças a lidar com o dinheiro desde cedo. No entanto, é importante manter a regularidade do pagamento e não dar mais dinheiro caso a criança gaste tudo de uma única vez.
  • Os especialistas recomendam que a mesada pode ser dada aos filhos com mais de 11 anos. Antes disso, opte pelas semanadas, com valores menores.
  • Ainda sobre as mesadas, é importante lembrar que não se deve impedir os filhos de gastar a mesada como queiram. Os erros e acertos são parte importante do aprendizado financeiro e não adianta tentar evitar que eles sofram ou se arrependam.
  • O dinheiro não deve ser utilizado como premiação para bom comportamento ou ajuda dentro de casa. O ideal é que essas coisas sejam feitas simplesmente porque a criança se sente parte de uma família, com deveres e obrigações.
  • O mesmo vale para boas notas na escola, que não devem ser compensadas com dinheiro. É importante que os filhos aprendam desde cedo que o aprendizado é o que realmente importa no processo educacional.
  • Os cartões de crédito não são recomendados para o uso de crianças e adolescentes por um motivo muito simples: o cartão não ensina a poupar, mas apenas a gastar. Por isso, deixe os cartões adicionais para quando seus filhos chegarem na vida adulta.
  • Por fim, eduque seus filhos para valorizar o dinheiro.



Não encontrou o que procurava?

Custom Search

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito