Cartao de Credito

7 pecados capitais do Cartão de Crédito

Vai ano, entra ano, e o cartão de crédito continua sendo um dos maiores vilões da economia doméstica. Com o aperto natural do fim de ano (e todo o consumo extra que vem junto com o Natal) o número de reclamações e dúvidas a respeito de dívidas no cartão cresceu muito em nosso blog. Para facilitar a vida do consumidor, faremos um breve apanhado de dicas sobre cartão, na verdade, de dicas sobre o que você não deve fazer com o cartão. “Pecados capitais” por assim dizer, que levam você direito ao inferno do endividamento.

1. Ter cartões demais

Aqui o problema é simples. Quanto mais cartões, menos controle sobre as finanças, mais dívidas e  gastos desnecessários. Para a maior parte de nós mortais um cartão basta. 2 para alguns pode até trazer praticidade. Mais que isso é garantia de problemas à frente.

2. Escolher o cartão pelas razões erradas

Se você acompanha os nossos posts, você já deve ter notado a infinidade de cartões que estão aí no mercado. Não confie nas propagandas que dizem que o cartão x é o cartão ideal para você. Cada pessoa tem interesses distintos, tem padrões de consumo distintos e um excelente cartão para mim, pode ser péssimo para você. É preciso escolher com cuidado.

3. Não pesquisar antes de solicitar

Não pesquisar antes de adquirir um produto é certeza de fazer um mau negócio. Jamais solicite um cartão só porque você viu a propaganda na tv ou porque recebeu um informativo em casa. Quando você decidir adquirir um cartão, pesquise. Visite sites, fale com os bancos, descubra as melhores ofertas.

4. Pagar somente o mínimo

Esse é um dos piores erros que qualquer pessoa pode cometer com seu cartão de crédito. Pagar o mínimo quer dizer na verdade pagar juros exorbitantes – ninguémde sã consciência deveria fazer isso. Faça o que for preciso para pagar a fatura integramente. Às vezes, vale até fazer outro empréstimo para pagar o cartão (dificilmente as taxas de juros do empréstimo serão maiores que a do cartão). Evite esse pecado como o diabo foge da cruz.

5. Pagar atrasado

Pior que pagar o mínimo é pagar atrasado. Pior que pagar atrasado é somente não pagar. Se as taxas de juros quando você entra no crédito rotativo já são absurdas, quando você paga atrasado, além de incorrer nas mesmas taxas, você acaba pagando multa de atraso.

6. Ignorar a fatura

A fatura de seu cartão de crédito (por mais doloroso que seja contemplá-la) é sua amiga. Sim, é ela que permite que você controle suas despesas, confira taxas do seu cartão, monitore se houve alguma fraude em seu cartão etc. Adquira o hábito de conferir item por item da sua fatura e conhecer as características do seu cartão de crédito.

7. Usar o cartão como reserva de dinheiro

Algumas pessoas usam o cartão como uma fonte mágica de dinheiro. Viu produto novo na vitrine, não tem problema, uso o cartão. Estou devendo na mercearia, não tem problema, uso o cartão. Cinema, cartão. E no fim do mês, você gastou duas vezes mais do que você podia pagar. É preciso lembrar que o cartão de crédito é dinheiro emprestado, no máximo, um adiantamento que se você não tomar cuidado, terá que pagar caro por ele. Cartão de crédito pede sempre auto-controle e organização.

Esses são os principais erros que podem ser cometidos com o cartão de crédito, mas de maneira alguma os únicos. Não há justificativas para ser descuidado aqui, você pagará a sua distração com o seu bolso. Contudo, nem todo mundo sabe como usar bem o cartão (as propagandas em geral não ensinam isso…) e é para isso que oferecemos essas dicas. Cuidar bem do seu cartão é cuidar da sua saúde financeira, e estando com as economias em ordem, maiores são as chances de você ter uma vida mais feliz e poder aproveitar as coisas mais importantes para você.



Não encontrou o que procurava?

Custom Search
10 Comentários
  1. Mara Brum  em 19/04/2010: 08:19

    Estou pagando minha fatura do cartão direto no caixa, pois não estou recebendo a mesma em casa, pelo correio. Tem problema?

  2. werkema  em 20/04/2010: 05:54

    Não tem problema nenhum, mas é bom entrar em contato com o banco e descobrir o que esta acontecendo.

  3. ANTONIO DE OLIVEIRA  em 16/09/2010: 05:13

    O CARTAO DE CREDITO COM TODAS AS RESTRICOES QUE O POVO FAZ AINDA E UM BOM INSTRUMENTO ;PARA NAO CAREGAR DINHEIRO VIVO NO BOLSO ;MAIS A MEU VER E UMA FACA DE DOIS GUMES PARA QUEM NAO LIMITA SUAS COMPLAS ;QUANDO SE PAGA TODAS AS FATURAS DE UMA SO VEZ;E BOM MAIS SE PARCELAR VIRA UMA BOLA DE NEVE ;AQUI DE UM HUMILDE CONSUMIDOR VAI UMA DICA PARA AS OPERADORAS DE CARTAO DE CREDITO ;PORQUE NAO PARCELAR A DIVIDA COM MENAS PARCELAS PARA QUE OS BONS CONSUMIDOR QUITE SUA DIVIDA COM MENOS JUROS E FIQUEM COM SEU NOME LIMPO NA PRAÇA ;E CONTINUE COMO UM BOM CONSUMIDOR ;NA VERDADE SE O CONSUMIDOR PARCELA UMA DIVIDA COM JUROS ALTO ;A TENDENCIA E ELE EVITAR A COMPRA COM CARTAO;ELE TOMA MEDO DO CARTAO ;SE ELE NA HORA DO SEU APERTO PARCELAR COM POUCO JUROS;OS DOIS LADOS GANHARAO COM ISTO ….

  4. werkema  em 17/09/2010: 17:30

    Opinião registrada, Antônio.

  5. Rafael  em 30/09/2010: 06:03

    Olá bom dia , gostei das Dicas ou "7 pecados". Tenho 18 e aos 16 já consegui meu primeiro cartão de crédito , claro ainda sendo adicional mais fiquei responsável pelas dívidas que eu fizer, nunca precisei fazer financiamentos ou entra no crédito rotativo. Hoje aos 18 anos já possuo 3 cartões de créditos de bancos diferentes e com limites razoáveis, o bom de tudo é que não saio comprando qualquer coisa por ai tudo é bem delimitado. Gostaria de algumas dicas , se realmente vale a pena ter tantos cartões

  6. werkema  em 30/09/2010: 12:13

    Olá Rafael. Em geral, não aconselho ninguém a ter mais que três cartões, e na maior parte dos casos, 2 cartões são suficientes. A vantagem de se ter mais de um cartão é poder adquirí-los em bandeiras diferentes aumentando o número de lugares onde você pode comprar e o número de promoções que você pode participar. Outra razão para se ter mais de 1 cartão é colocar datas de vencimentos diferentes e daí você pode escolher em qual dos dois cartões você fará sua compra para que você maximize o prazo entre a compra e o pagamento. Mas é claro, essa dicas são para bons usuários de cartão que mantêm pagamentos em dia e não compram excessivamente. Se esse é o seu caso, não há com o que se preocupar. Minha sugestão: cancele um dos cartões e mantenha os outros 2. :)

  7. angela Maria Fernand  em 22/10/2010: 07:32

    As dicas dadas são muitos importantes, desde que vc. siga à risca, mesmo sendo dificil nos dias de hoje; mas vale a intenção, já passei por estas situações e bem sei como é doloroso pagar por juros altísssimos que as adminstradoras de cartões cobram. No mais, é só aprender a se organizar financeiramente.

  8. Alessandra  em 23/02/2011: 12:05

    Gostei das dicas! Estou considerando ter um cartão para emergências e, realmente, os 7 pontos são muito importantes. Obrigada!

  9. Sandra  em 11/10/2011: 22:05

    Gostaria de saber se existe alguma lei que estabelece o juro maximo que uma operadora pode cobrar.

  10. enternauta  em 13/10/2011: 16:50

    Sim, ela prevê que o juros máximo seja 1% ao mês e 12% ao ano.

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito