Cartao de Credito

Dívidas em ordem: mudança de hábitos é fundamental

“Tenho muitas dívidas e gostaria de colocá-las em ordem. Sou uma pessoa honesta,  mas como tenho dificuldade em resolver problemas financeiros, acabo passando como mau pagador. Como aprender a colocar minhas contas em dia?” Luiz A.

Caro Luiz, em primeiro lugar, saiba que você não está sozinho. Já escutei esse tipo de preocupação um milhão de vezes. A boa notícia é que é possível aprender a organizar nossas contas, e não é difícil. Basta organização e perseverança.

Varias situações podem colocar alguém em dívida. Às vezes, fatalidades ou gastos realmente inesperados. Outras vezes, a perda de um emprego ou fonte de renda. Na maior parte das vezes, falta de planejamento e gasto excessivo. De um jeito ou de outro, é preciso ter consciência da própria situação financeira e elaborar estratégias para sair da dívida.

Já falamos algumas vezes em como fazer isso. Por exemplo, já falamos de como zerar sua dívida no cartão, como colocar as contas no papel e até como utilizar planilhas para organizar isso tudo. O que ainda não dissemos é que nada disso resolve quando o assunto é mudança de hábitos. Já vi muitas pessoas passando apertos, inclusive parentes, por não serem capaz de adequar seus modos de vida com a situação financeira em que se encontram. Como esperar mudar de vida, pagar suas dívidas, sair do sufoco sem fazer nada para isso acontecer? Nem por milagre.

Um pequeno truque que ajuda na hora de colocar as dívidas em ordem é economizar em tudo que puder até conquistar seus objetivos. Você ficará assustado com a quantidade de dinheiro que pode ser economizada desse jeito. Estou falando de coisas simples, mesmo: o jogo de futebol, a sessão de cinema, a coca-cola no almoço, pegar ônibus ao invés do taxi etc. E sempre que você se vir prestes a gastar com algo que te parece supérfluo, pense assim: será que o pequeno prazer que eu terei com isso se compara com o de estar fazendo de tudo e conseguindo pagar minhas dívidas?

Pagar as dívidas exigem sacrifícios, mas bons sacrifícios pois eles tendem a um resultado positivo no futuro. Reeducação financeira é trabalhoso, mas é algo que todos deveriam investir. Um pouquinho de esforço agora em aprender a calcular suas finanças pessoais e a organizar suas despesas para conseguir seus objetivos pode ser complicado num primeiro momento, mas te garantirá anos de uma vida tranquila e sem apertos no seu bolso. Isso feito, o esforço é perseverar. Rever hábitos e botar em prática o que se aprendeu. Mãos à obra!



Não encontrou o que procurava?

Custom Search
2 Comentários
  1. jorge paulo chaves q  em 23/12/2010: 17:01

    oi, estou com um pequeno problema…fiquei devendo por + ou – 45 dias ,e a poucas semanas comecei a pagar o minimo de 106,00 e, hoje me chegou uma carta me informando que meu cartão havia sido canncelado. hoje tenho um bom trabalho onde posso pagar minhas dividas, hoje tenho um renda salarial de 1200,00 reais, assim posso saudar meus compromisso com este cartão de credito. peço por favor que me deem uma oportunidade de saudar minha divida, podendo assim continuar a usufruir dos beneficios do vivo itaucard, peço a compreenção de vcs e garanto que sou uma pessoa honesta e quero pagar minha divida.

    muito obrigado e um feliz natal

    obs: espero um retorno de e-mail

  2. admin  em 29/12/2010: 15:49

    Jorge,

    O Sr. não tem débito conosco. Entre em contato diretamente com o Banco Itaú, verifique sua situação com o ItauCard e negocie a dívida. Pagar apenas o mínimo do Cartão de crédito irá apenas rolar a dívida e acrescentar em seus débitos devido aos altos juros dos cartões.

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito