Cartao de Credito

Novas Regras Para a Portabilidade de Crédito

Começam a valer amanhã (5 de maio) as novas regras para a portabilidade de crédito. E você, já sabe como essas mudanças podem te beneficiar?

Portabilidade de Crédito

Para quem não sabe exatamente o que é a portabilidade, trata-se de um direito dos brasileiros, garantido por lei criada em 2006, segundo a qual, qualquer pessoa transferir uma dívida de um banco para outro que ofereça condições melhores de pagamento. Em outras palavras, a portabilidade de crédito permite que você procure juros melhores em outras instituições e consiga reduzir o valor de um financiamento ou empréstimo.

Portabilidade de Crédito

Portabilidade de Crédito

O Que Mudou?

As regras estabelecidas pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) buscam regulamentar a portabilidade, ou seja, tornar a lei mais clara e específica, de modo a beneficiar o consumidor. Coisas como prazos, tipos de dívida que podem ser transferidas e custos da operação passam a ser definidas pelas regras. Conheça algumas mudanças:

  • Financiamentos de imóveis com uso de FGTS poderão ser portados;
  • O banco original terá 5 dias para apresentar uma contra-oferta e tentar manter o seu cliente;
  • Todas as transações deverão ser realizadas eletronicamente, incluindo a troca de informações;
  • Os custos relativos à transferência são de responsabilidade do banco que está “comprando” o crédito e não podem ser repassados ao consumidor;
  • As instituições financeiras deverão disponibilizar em locais acessíveis informações sobre a possibilidade de transferência do crédito para outros bancos.

Como Transferir Minha Dívida?

Para usar esse benefício, você precisa, primeiramente, buscar informações sobre a sua dívida no banco original e, em seguida, procurar outras instituições que possam oferecer melhores condições para pagamento do débito. Após as reduções de juros que ocorreram nos últimos anos, é possível que você encontre  melhores ofertas nos bancos públicos, como a CAIXA e o Banco Do Brasil. A dica é pesquisar bastante, para depois solicitar a transferência da dívida.



Não encontrou o que procurava?

Custom Search
2 Comentários
  1. Thiago  em 8/05/2014: 19:49

    Por que não criam uma página no Facebook para facilitar a comunicação e difusão das informações?

  2. Emília Silva  em 7/06/2014: 10:08

    É uma ótima sugestão, Thiago. Obrigada.

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito