Cartao de Credito

Cartão de Crédito Roubado? O que Fazer?

Me lembro de ter comentado várias vezes sobre a segurança de se usar cartão de crédito ao invés de dinheiro em espécie. Se você tem seu dinheiro roubado, provavelmente você não o verá nunca mais, já se o seu cartão de crédito é roubado, o seu dinheiro está protegido. Mas o que fazer se alguém tem o seu cartão roubado? Nem todos sabem qual é a atitude a ser tomada ao passar por esse transtorno.

Em primeiro lugar, sabendo que o cartão de crédito é também uma ferramenta de segurança para seu dinheiro, não é preciso se desesperar. Uma vez que você foi roubado ou constatou o furto, o que fazer primeiro? Apesar de muita gente desconfiar do trabalho da polícia e muitas vezes preferir “deixar pra lá”, contactar a polícia imediatamente é sim, muito importante, pois logo após o roubo é o período em que é mais fácil para a polícia encontrar o criminoso e você poder reaver seus bens roubados. Além disso, as queixas à polícia são uma forma de mostrar que a segurança precisa ser reforçada.

Bloqueio do Cartão

Mas se por alguma razão você não chamou a polícia na hora, ou mesmo enquanto você não obteve resposta da polícia, você deve o mais rapidamente possível contactar sua administradora de cartão ou banco, comunicar o ocorrido e pedir o bloqueio do cartão. É recomendável anotar o nome da pessoa que te atendeu, horário da ligação e código de atendimento, o famoso protocolo. Uma vez que seu cartão estiver bloqueado, não há mais motivo para se preocupar, pois ele não poderá ser usado, e ainda que ocorra alguma compra em seu cartão após essa data, você não será responsabilizado por ela.

Foi roubado? Não se desespere! Bloqueie logo o seu cartão!

Uma vez que o seu cartão já foi bloqueado, é a vez de registrar a ocorrência junto à polícia. Se você contactou a polícia imediatamente após o roubo, eles certamente providenciarão o registro da ocorrência. Caso não tenha feito, você deverá procurar a delegacia ou posto da polícia mais próximo. Lembre-se de guardar o boletim de ocorrência para o caso de você precisar comprovar que alguma eventual compra no cartão não foi feita por você.

Seguidos esses passos, você provavelmente não terá problema algum, mas se você suspeitar que alguma compra já possa ter ocorrido, algumas medidas extras podem ser tomadas para que você fique ainda mais protegido (já diziam meus avós, “o seguro morreu de velho”). Verifique a movimentação do seu cartão e envie cópias do registro de ocorrência para seu banco ou administradora do cartão, Serasa e SPC.

Como você viu, essas são medidas simples e fáceis que deixarão você e seu dinheiro protegidos caso você seja vítima de roubo de cartão. Ainda assim, lembre-se de que outras medidas de proteção contra fraudes e mesmo de segurança na hora de usar o cartão devem ser tomadas. Não é o caso de simplesmente bloquear o cartão e registrar a ocorrência se alguma coisa acontecer, mas sempre que possível tente evitar situações em que você pode se tornar vítima de um crime. Prevenir é sempre melhor que remediar.

Ah! E nunca anote o número da senha do cartão junto dele. Com a senha em mãos, o ladrão pode retirar seu dinheiro ou fazer compras facilmente.



Não encontrou o que procurava?

Custom Search
2 Comentários
  1. Maria Lucia  em 14/01/2010: 06:36

    Bom dia, por favor preciso de uma orientação, possuo 5 cartões de crédito, como são muitos n ando com eles na bolsa o tempo todo. Um certo dia chegou uma fatura super estranha de muitas compras q eu n tinha feito, fui ver o meu cartão estava no mesmo local, dai pensei: meu cartão foi clonado, liguei p a administradora relatando o ocorrido, ok suspenderam as compras. Passado alguns dias recebi um telegrama de outro cartão p q eu entrasse em contato, liguei me perguntaram se fiz algumas compras disse q n, então bloquearam o cartão, meu cartão continuava no mesmo lugar. Fui na delegacia fiz um BO de clonagem. Dai resolvi ligar p os outros cartões pela minha surpresa em todos tinham compras nao feitas por mim. Detalhe: minha casa estava passando por uma reforma e um pedreiro pulava todos os dias minha janela pegava um cartão no final do dia antes de eu chegar colocava no mesmo lugar (quando ele percebeu q eu estava descobrindo obviamente sumiu). Voltei a delegacia e fiz outro BO desta vez de roubo. Contestei todas as compras feitas por ele, horas e horas no atendimento telefonico, cartas detalhando o acontecido, fax de BOs enviados. Agora recebi uma carta de um cartão dizendo que não foi acatada a contestação. O que devo fazer??? Por favor me ajudem… Obrigada

  2. werkema  em 14/01/2010: 19:40

    Maria Lucia, você agiu corretamente bloqueando os cartões e comunicando às administradoras e à policia. Parece que o problema foi que uma das administradoras não aceitou a sua contestação e está cobrando de você o valor da compra feita pelo ladrão, certo? Antes de mais nada, eu sugiro que você volte a conversar com a administradora para que vocês evitem aborrecimentos na justiça. Você está em seu direito e não deve pagar essa cobrança. Se a empresa disser que irá à justiça para receber, você deverá, então procurar um advogado ou serviço de defesa do consumidor. Uma outra possibilidade é você depositar o valor cobrado em depósito judicial e contestar a cobrança na justiça. Esperamos que tudo se resolva bem, sem mais aborrecimentos.

Deixe um comentário!

Se você gostou do post, ou não, mas tem algo a comentar, por favor, preencha o formulário abaixo. Pedimos apenas que cuide da escrita e não escreva nada ofensivo.

Nome (obrigatório)

E-mail (obrigatório, mas não divulgado)

Mensagem

Cartão e Crédito RSS

Cartão e Crédito em seu e-mail!

Cadastre-se e fique atualizado sobre os cartões de crédito.

Fechar Cartão e Crédito